+ 55 (41) 3276-8601 | Fax + 55 (41) 3276-8224 frettes@frettes.com.br

Cursos-de-Logistica

É muito importante que o exportador mencione no packing list quanto pesa cada um dos itens que estão sendo exportados, principalmente se a exportação se refere à vários itens tarifários (classificação fiscal). O RE (Registro de Exportação) abre um Anexo para cada NCM (classificação fiscal) distinta. Em cada Anexo é necessário mencionar o peso líquido correspondente ao(s) item(ns) nele mencionado. Quando o peso de cada item não é indicado no packing list, o despachante na falta desta informação, obrigatória, faz o rateio do peso líquido pelo valor dos itens para obter o peso líquido de cada uma das NCM´s que estão sendo exportadas.

Esta regra, largamente utilizada no comércio exterior, é falha, sujeita a erros grosseiros e não deveria ser utilizada em nenhuma hipótese.

Caso a parametrização seja em canal vermelho, a Receita Federal, em ato de conferência aduaneira, poderá pesar cada um dos itens que, não correspondendo com o que está declarado no RE, será necessário refazer todo o processo, atrasando a exportação e gerando custos desnecessários.