+55 (41) 3276-8601 | Fax +55 (41) 3276-8224 frettes@frettes.com.br

A nota fiscal utilizada para exportação deverá considerar a unidade tributável (uTrib), para quantificar a mercadoria e deverá ser idêntica àquela indicada no Siscomex para o correspondente código NCM da mercadoria a exportar. No caso de exportação indireta, também o produtor deverá utilizar essa mesma uTrib em sua nota de remessa, com fim específico de exportação.

É importante observar o correto preenchimento dos campos uTrib e qTrib das notas fiscais, pois, se houver incorreções, tanto a DU-E (Declaração Única de Exportação) quanto o CCT (Controle de Carga e Trânsito) irão recusar a nota fiscal, impossibilitando a operação.

A quantidade comercializada na unidade de medida tributável deve obrigatoriamente ser informada em campo próprio da nota fiscal de exportação e qualquer outra nota fiscal relacionada à exportação (remessa, filha, etc.) e não em documentos comerciais privados, tais como fatura comercial e/ou packing list.